Novos secretários municipais e controlador-geral tomam posse em Londrina
Data: 26-02-2018

Foi realizada, na tarde desta segunda-feira (26), na sede administrativa da Prefeitura de Londrina, a cerimônia de posse dos novos secretários municipais de Fazenda, Planejamento, Orçamento e Tecnologia e também do controlador-geral do Município. O servidor e economista, João Carlos Barbosa Perez, assume a Secretaria de Fazenda no lugar de Edson Souza. O servidor e contador Marcos Urbaneja passa a responder, interinamente, pela Controladoria, até que seja feito novo processo de escolha do controlador-geral junto ao Conselho Municipal de Transparência e Controle Social (CMTCS). Autoridades e lideranças municipais, além de representantes de diversas entidades de Londrina, marcaram presença no evento.

Na solenidade, o prefeito Marcelo Belinati frisou que a escolha dos novos nomes, levou em consideração a capacidade de cada um. Ele destacou que a escolha de João Carlos Barbosa Perez para a Fazenda, por exemplo, é reflexo do trabalho desempenhado frente à Controladoria, cargo que exerceu após ter passado por um processo de seleção conduzido pelo Conselho de Transparência.  “A saída de Edson de Souza, da Fazenda e do Planejamento, foi um pedido do próprio secretário, que optou por deixar as pastas. “O Edson é funcionário de carreira há mais de 30 anos, pessoa que tem uma grande capacidade profissional e que fez o seu trabalho com eficiência, contando com nossa confiança e tendo cumprido a sua missão com muita honradez”, enfatizou.

Marcelo disse ainda que a Prefeitura continuará ouvindo toda a sociedade, mantendo diálogo produtivo e o entendimento com as entidades de classe, associações de moradores, os servidores públicos e a população em geral para construir as soluções e caminhos que Londrina precisa trilhar.

O novo secretário de Fazenda, João Carlos Barbosa Perez, que há mais de 3 anos ocupava o cargo de Controlador-Geral do Município, afirmou que existe uma missão e um grande desafio pela frente, registrando agradecimentos a Edson de Souza e toda a equipe de servidores que trabalham nesta pasta. “Eu sou servidor do Município há 23 anos, estou completando três anos e dois meses à frente da Controladoria. Nesse momento, estou deixando meu mandato porque eu acho que agora existe a oportunidade única de corrigirmos várias imperfeições e erros da Planta Genérica de Valores, em que pese muitos dos erros não terem ligação com a Planta, mas que vieram à tona com a emissão de carnês e nós temos que solucionar”, disse.

Perez adiantou que o Município buscará, através de ações elencadas pelo prefeito Marcelo, estreitar ainda mais os debates e diálogos com as entidades de Londrina. “Temos uma série de ações que foram debatidas junto ao Ministério Público e que iremos implementá-las, sendo focadas na eficiência da gestão e fiscalização. Por vir do controle interno, eu creio que precisamos trabalhar com três principais vertentes. Uma delas é melhorar a fiscalização e o sistema de controle, o que vai ajudar a coibir erros, falhas e eventuais fraudes. Também temos que trabalhar a questão da informatização, com investimento em tecnologia, além de atuar no mapeamento de processos”, informou.

Ainda segundo o secretário, a intenção é tornar a Fazenda mais ágil, e com uma cobrança mais eficaz para melhorar, consequentemente, as arrecadações e serviços públicos. “Além disso, também é importante fortalecer a relação com a UEL, entre outras entidades. Nesse sentido, vamos fechar um termo de cooperação com a universidade e trabalharmos juntos para mapear todo o processo. Na Controladoria, há um termo firmado com o NIGEP, que é o Núcleo Interdisciplinar de Gestão Pública da UEL, e temos a pretensão de reproduzir e replicar, também na fazenda. O mapeamento dos processos vai abreviar todo esse processo que debatemos, que pode ser moroso e burocrático, mas que ganhará uma força fundamental neste trabalho com o NIGEP”, acrescentou.

Controladoria Geral - Marcos Urbaneja, que assume a Controladoria-Geral, estava no comando da CAAPSML desde o início da administração do prefeito Marcelo Belinati, em janeiro de 2017. É servidor público municipal de Londrina desde 2008 e exerceu as funções de diretor revisor de Contas e assessoria técnica de Normatização, na Controladoria-Geral do Município.

No evento, Urbaneja informou que está assumindo, interinamente, a Controladoria-Geral do Município, pelo período de 60 dias. Durante esse período o decreto que regulamenta essa escolha diz que tem que ser feito um novo processo para que se escolha um novo controlador para terminar mandato, que encerraria em 31 de dezembro deste ano. “Vamos trabalhar bastante nesse período até que seja feita a escolha. A Controladoria possui vários projetos que não vão ser interrompidos, daremos o andamento e estamos à disposição de todos”, ressaltou.

Além de dar continuidade aos trabalhos internos da Secretaria, Urbaneja disse que há um outro desafio grande neste ano, que é a questão da Previdência. “É uma matéria sensível, extremamente complexa, de grande relevância financeira e monetária para o Município. Estamos aguardando o parecer do Ministério da Previdência sobre uma proposta de planejamento interessante para o Município. A partir disso, será dado um período para que seja possível estabelecer novos mecanismos para melhorar a arrecadação e equilibrar essa questão”, adiantou.

Marcos Urbaneja é graduado em Ciências Contábeis pela Faculdade Paranaense (FACCAR) e em Ciências Jurídicas pela Universidade Norte do Paraná (UNOPAR). É especialista em Controladoria e Gerência Financeira, pelo Instituto Paranaense de Ambiência Empresarial, e em Direito Aplicado pela Escola da Magistratura do Estado do Paraná - Núcleo Londrina.

Atuou, também, como técnico administrativo na UEL, como contador na Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU), e analista de Orçamento e Finanças na Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA).

Planejamento, Orçamento e Tecnologia - A servidora municipal e contadora Darling Silvia Maffato Genvigir assume a Secretaria Municipal de Planejamento, Orçamento e Tecnologia, no lugar de Edson de Souza.

“Há mais de dez anos sou servidora da Secretaria de Planejamento e foi uma honra receber o convite do prefeito para assumir a pasta. Vamos tentar dar continuidade a todos os trabalhos que estão sendo feitos pela secretaria, e para mim vai ser um desafio muito grande, mesmo interinamente, dar continuidade ao trabalho que o Edson já vinha desempenhando. Ele é um servidor de carreira com mais de 30 anos de Prefeitura, então me sinto com uma grande responsabilidade. Farei o máximo para poder atender a todas as expectativas”, disse Darling durante a cerimônia.

Darling ingressou na Diretoria de Orçamento em dezembro de 2007, como contadora do Município, vindo a assumir a diretoria em 2013. É graduada em Ciências Contábeis pela Universidade Estadual de Londrina, tem especializações em Administração Financeira e Comércio Exterior pela Faculdade Estadual de Ciências Econômicas de Apucarana e em Administração Pública pela Faculdades do Brasil – Curitiba.

Fazenda - Servidor do Município de Londrina desde 27 de junho de 1995, João Carlos Barbosa Perez assume a Secretaria Municipal de Fazenda. Ele estava no comando da Controladoria-Geral desde janeiro de 2015, por indicação política. No ano seguinte foi realizado um processo de seleção, conduzido pelo Conselho Municipal de Transparência e Controle Social, para definir o cargo do novo controlador, onde Perez participou e foi escolhido para continuar na função. Ele foi o primeiro servidor a ocupar o cargo de controlador-geral do Município através de um processo de seleção conduzido pelo (CMTCS).

Perez é formado em Ciências Econômicas pela Universidade Estadual de Londrina (UEL), com pós-graduação em Economia Empresarial, pela mesma instituição; pós-graduação em Controladoria e Finanças pela Pontifícia Universidade Católica (PUC); Global Business Administration (GBA) - Administração Contemporânea pela Fundação Getúlio Vargas (FGV); pós-graduação em Políticas Públicas e em Administração Pública pelo Instituto Tecnológico do Sudoeste Paulista (INTESP).

Também foi gerente financeiro, diretor financeiro, diretor de saúde, assessor técnico e superintendente interino da Caixa de Assistência, Aposentadoria e Pensões dos Servidores Municipais de Londrina (CAAPSML); coordenador de Licitações da Secretaria Municipal de Gestão Pública; diretor financeiro do Instituto de Desenvolvimento de Londrina (IDEL); diretor financeiro da Secretaria Municipal de Saúde, entre outras funções.

Fonte: Prefeitura de Londrina

Boletim Eletrônico
Digite seu endereço eletrônico abaixo para receber nossa newsletter.
Nome:
E-mail: